Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Curso de borracheiro

 Nosso amigo e parceiro Pedro Cândido de Rondonopolis-MT ministrou o curso de borracheiro na viagem missionária.

Essas são as palavras do irmão Pedro após o término da viagem.

Ter ido para Cachoeirinhas, participar desse trabalho, foram as melhores férias que já tive.

Uma experiência única, que acho que todo crente deveria ter! Sair da sua linha de conforto e ver a realidade daquele povo que tem muito a nos ensinar sobre a unidade, companheirismo e o amor ao próximo, porque eles, realmente, são iguais à parábola da viúva pobre; o pouco que eles têm, querem dividir com quem não tem nada.

Um povo que tem vontade de trabalhar, mas falta oportunidade. Eu vi isso nos rapazes que participaram do Curso de Borracheiro, todos os que fizeram o curso, interessados, faziam perguntas o tempo todo, queriam aprender tudo que eu pudesse passar para eles. Foi uma pena não ter mais ferramentas e tempo suficiente para poder ensinar mais aqueles garotos. Que Deus possa abençoar a vida deles.

O que mais marcou no trabalho, foi quando fui evangelizar na Várzea do Tiro, no meio do sertão, na primeira casa que paramos, fomos muito bem recebido, eram pessoas muito pobres, que alegres, nos ofereceram café e umas bolachinhas que, pelo visto, estava guardada para uma ocasião especial.

Fiquei chocado quando fomos ver a cisterna deles, estava seca e sem previsão de quando o tal carro pipa viria abastecer. Na outra casa, uma senhora viúva, com uma filha e um filho deficiente, estava acolhendo uma vizinha que a casa tinha pegado fogo, uma pobreza que dá vontade de resolver todos aqueles problemas, mas não dá.

Falamos de Jesus para eles e quando fomos orar, o irmão Laércio perguntou se eles tinham algum pedido especial e aquela senhora, mesmo diante da extrema pobreza, só pediu para que Deus abençoasse para que ela conseguisse umas madeiras para fazer as portas do barraco dela.E pensar que muitas vezes eu oro pedindo para Deus me abençoar para fazer um bom negócio ou para melhorar o movimento da empresa. Fiquei envergonhado diante de Deus!

Agora, peço a Deus, que eu possa continuar a ser abençoado fazendo esse trabalho e aprendendo do verdadeiro amor de Cristo Jesus, na prática. Um abraço a todos e até o próximo trabalho, se Deus quiser!
 

Galeria de imagens

Compartilhe