Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Caminhoneiro, PARABNS!

A história do transporte no Brasil passa por várias fases, desde aqueles realizados pelos escravos, depois, pelos tropeiros, até chegar aos atuais bi e treminhões e suas carretas. O país, também, passou pela fase áurea do transporte ferroviário que, no seu tempo, conseguiu suprir as necessidades transportando cargas e pessoas. Entretanto, a solução mais satisfatória, só viria acontecer com a participação dos caminhões.

Veículos que tinham condições de enfrentar e vencer montanhas e vales, por estradas precárias e sem asfalto, fazendo a conexão das regiões agrícolas com os portos ou estações ferroviárias. Com o passar dos anos, o caminhão assumiu o posto de principal transportador de cargas, dentro e até para fora do país.

Ligando cidades e estados, o governo investiu na abertura de novas estradas e pavimentação das principais, propiciando melhores condições para os caminhões atingirem lugares cada vez mais distantes. O que ninguém pode esquecer é que, para a rodagem de cada caminhão, para viagens longas ou curtas, é necessária a participação da peça principal do veículo... o Caminhoneiro, o herói anônimo, que sofre com as estradas mal conservadas, os fretes de baixo valor, os dias que permanece distante da família, os pedágios caros, as longas filas para carga ou descarga, o descaso de muitos, as exigências de novas leis e a falta de apoio nas estradas que, mesmo diante de tantas dificuldades, não mede esforços para levar e trazer mercadorias e contribuir com o progresso brasileiro.

Amigo Caminhoneiro, você é a parte mais importante na área de transportes. De que adianta um caminhão possante, atraente e grande, se você um Caminhoneiro não estiver no volante, faça chuva ou faça sol? Mas, Caminhoneiro, não se esqueça que, você dirige o caminhão, enquanto Deus guia o seu caminho, sua verdade e sua vida. Pois disse Jesus: “Eu sou o Caminho, e a Verdade, e a Vida” (João 14.6). (jam) 

Compartilhe



Veja Também