Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Era como um ptio de ossos secos

“Eu senti a presença poderosa do Senhor, e o Seu Espírito me levou e me pôs no meio de um vale onde a terra estava coberta de ossos”. Ezequiel 37.1

Logo ao brilho dos primeiros raios do Sol do dia sete de novembro de dois mil e quinze, a valorosa equipe de obreiros da I.P. Cidade Salmén, Rondonópolis – MT, já estava a postos nas barracas previamente montadas e organizadas por áreas de atendimento, para oferecer uma assistência com excelência às centenas de caminhoneiros estacionados no pátio do Posto Locatelli. Alguns chegaram recentemente, e muitos estão ali há vários dias, aguardando uma carga interessante, tanto pelo destino como pelo valor do fretamento.

Somando as histórias com as declarações de muitos, durante o dia o pátio tem uma movimentação tranquila e normal. Mas, é no período da madrugada, disfarçadamente e longe da acirrada vigilância, que acontecem os envolvimentos com os erros e pecados. Enquanto a maioria dos caminhoneiros procuram descansar para estar bem no dia seguinte, há aqueles que carregam o peso da desilusão, do sofrimento, distantes da família por muitos dias, pouco dinheiro, sobrecarregados de problemas e dívidas, não conhecem ou estão afastados de Deus. São pessoas amarguradas que, sem esperança, sentem seus sonhos se esvaindo deixando um vazio nebuloso que cega e seca física e espiritualmente, como que a deixar apenas um amontoado de ossos secos.

Entre as barracas, ouviu-se um apito. Era o sinal do início dos atendimentos. Na primeira barraca o caminhoneiro se apresentava e fornecia dados para o preenchimento de uma ficha que era o controle e anotações dos atendimentos recebidos nas barracas de Orientação Jurídica; Orientação Financeira; Corte de cabelos; Psicólogo; Enfermagem com seus exames básicos; Verificação e Orientação Odontológica e Palestra Oncológica com o Dr. José Spila Neto, renomado cirurgião especialista em câncer de próstata

Era impressionante e contagiante a alegria estampada no rosto de cada um após ser atendido. Isso fortalecia, sobremaneira, quem estava atendendo, trazendo à memória o Capítulo 37 do Livro de Ezequiel, crendo que em cada barraca havia o suprimento necessário, direcionado por Deus. Os ossos secos estavam recebendo tendões, carnes, músculos, artérias, peles, criando uma nova vida, um novo ânimo. Na última barraca, onde a ficha preenchida era devolvida, o caminhoneiro recebia uma sacolinha repleta de informações importantes para o desempenho de sua profissão, e a Bíblia Sagrada, acompanhada de uma oração especial pelos intercessores da igreja e do Ministério Nossa Missão a cada caminhoneiro e seus familiares, preenchendo cada coração com a presença do Senhor Jesus Cristo.

Foi um dia maravilhoso e abençoado por Deus, que encerrou com louvores pelo cantor gospel Paulo Ramalho e pelo Grupo de Louvor da I.P. Cidade Salmén. Certamente, foi marcante e deu início a uma nova história de paz e felicidade na vida de cada profissional do volante ali presente. (jam) 

Compartilhe



Veja Também