Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Artigos

O sonho do caminhoneiro

 Projeto via mar.

A Rodovia Anchieta, principal via de acesso de caminhões ao Porto de Santos, foi projetada em 1943 e durante dezenas de anos cumpriu bravamente seu papel.

Hoje, com a falta de incentivo ao meio ferroviário, ela tem sofrido as consequências das constantes quebras de recordes, no país, na produção de mercadorias para exportação. São milhares de carretas sobrecarregadas que serpenteiam diariamente aquela estrada ultrapassada, cheia de curvas e perigos.

Entretanto, a construtora do Rodoanel já elaborou um projeto que é o sonho de todos caminhoneiros que têm como referência de trabalho a Via Anchieta. O projeto envolve a construção de uma rodovia de apenas 36 quilômetros que ligaria o Rodoanel, em Suzano, com a Baixada Santista, bem ao lado do porto.

Para preservação ambiental e descartar o problema de quedas de barreiras, a maior parte da estrada será num túnel contínuo de aproximadamente 22 quilômetros, com tecnologia inspirada na do túnel do Canal da Mancha, que liga sob o mar a França e o Reino Unido. Serão duas vias superventiladas e interligadas, uma em cada sentido. Cada uma suficiente para acomodar 3 faixas de tráfego na parte de cima, com espaço para implantar, na parte de baixo, uma ferrovia e dutos condutores para grãos e líquidos.

É um projeto arrojado que tem previsão de 5 a 6 anos na primeira fase de construção, que o governo estadual considerou difícil para o momento (2015), pelo que passa a conjuntura econômica do país, mas é o sonho de cada caminhoneiro que vislumbra dias melhores passando menor tempo na estrada, economia de combustível, acesso mais rápido ao porto, redução de riscos e despesas de estacionamento e alimentação, e a possibilidade de desfrutar de mais tempo com a família.
 

Galeria de imagens

Compartilhe