Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Artigos

Professor, o incansvel esperanoso

 Parabéns aos professores!

Tenho ouvido e lido em sites que no Japão há um respeito e reverência especial ao Imperador, e ao Professor. Ao primeiro pela liderança histórica e representação do povo, ao segundo, pela importância na participação da reestruturação do país após a Segunda Guerra Mundial.

Guerra que levou o país ao caos econômico, resultando em uma série de dificuldades pós derrota. Situação humilhante e desagradável respondida com uma visão de arrojo e coragem, a começar pelo próprio Imperador e pelo governo que, partindo para ações efetivas, investiu na valorização do Professor.

Investimento que foi a base para aprender com os Mestres o caminho da superação quando surgem as adversidades. Fato que, rapidamente, reverteu a situação colocando o Japão entre as maiores potências econômicas do mundo.

É esse investimento e respeito que resulta na preparação necessária para a criança de hoje ser a esperança do amanhã que, infelizmente, não temos visto no Brasil. País anunciado pelo Banco Mundial, após a segunda guerra, como provável potência econômica só não acontecendo por falta de um sincero e verdadeiro investimento e valorização do Professor.

No Brasil a educação não é tida como prioridade, principalmente se compararmos aos investimentos que são aplicados obtendo retornos pífios e vergonhosos como o mais recente na Copa do Mundo. E ainda vem ai, as Olimpíadas, e depois, o Carnaval anual, a festa que causa estagnação no comércio, na sociedade em geral (dizem que o ano só começa depois do Carnaval) e tristezas nas famílias com os registros nas páginas policiais.

Mudando de Profissão
Foi observando esse quadro desolador que os Professores de Pernambuco e Paraíba, há quatro anos atrás optaram pela greve para reivindicar o aumento de 100% no salário que era de apenas R$ 1,00 (um real) a hora aula. A greve durou seis meses. Para o sustento, os Professores passaram a vender à população, pizzas, sucos de laranjas, pipocas, resultando numa inesperada surpresa aos Mestres que viram na atividade simples e descompromissada como vendedor um ganho bem superior ao de Educador. Ao final da greve apareceu o resultado trazendo problemas para o governo e para a sociedade: Mais de 60% dos Professores não voltaram às salas de aulas.

Incansável Esperançoso
O Professor brasileiro é um eterno esperançoso crendo que um dia haverá um governo que dará a devida importância e incentivo para que o país possa, verdadeiramente, resgatando a consciência de que só a educação muda a condição de vida de um cidadão, ao mesmo tempo que a sociedade abomine a violência que ronda as escolas e dê a devida importância aos teimosos e valorosos Mestres que continuam a ensinar, mesmo diante de tão humilhante situação.


Professor, que Deus o abençoe e dê o sustento e perseverança neste DIA DO PROFESSOR e nos demais dias de cada novo ano. (jam)
 

Compartilhe