Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Artigos

A lei do caminho de lixo

 Uma reflexão para melhorar sua vida.

Recebemos uma cópia de jornal sem qualquer identificação e, por ser uma mensagem interessante, a transcrevemos na íntegra:

“Um belo dia um homem pegou um taxi para o aeroporto. O taxista, muito correto na direção, andava na faixa certa, dirigindo com toda a atenção quando, de repente, um carro preto saiu de um estacionamento com grande violência, atravessando bruscamente em sua frente.
O taxista pisou no freio, deslizou, mas escapou de bater em outro carro. Foi por um triz!

O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar nervosamente, fazendo gestos com as mãos e derramando palavras de baixo calão.

Mas o taxista apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo, demonstrando grande tranquilidade, mesmo com a situação que acabara de passar.

Indignado, o passageiro do taxi lhe perguntou: Por que você fez isso? Esse cara quase arruína o seu carro! Você deveria ter xingado também!
O motorista do taxi, calmamente, explicou ao passageiro uma lei que aprendera e que sempre colocava em prática nessas situações: “A Lei do Caminhão de Lixo”. Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, traumas e desapontamentos.

À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar e, às vezes, descarregam sobre a gente, sobre o primeiro que cruza o caminho delas.

Nunca tome isso como pessoal! Isto não é problema seu! É dele!

Apenas sorria, acene, deseje sempre o bem, e vá em frente.

Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa ou nas ruas.

Fique tranquilo... respire e deixe o lixeiro passar!

O princípio disso é: Pessoas felizes não deixam os caminhões de lixo estragarem o seu dia. A vida é muito curta, não leve lixo com você! Limpe os sentimentos ruins, aborrecimentos do trabalho, picuinhas pessoais, ódio e frustrações. Ame as pessoas que te tratam bem. E trate bem as que não o fazem. (Mt 5:43,44)
 

Compartilhe