Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Artigos

O Evangelho todo para o homem todo

"Deus me ama com tudo o que sou e tenho. Jesus me ama integralmente" 

O homem tem necessidades físicas, espirituais, sociais e emocionais. O chavão evangélico que diz "Deus salva as almas" é impróprio por dois motivos: primeiro porque não temos esta nomenclatura no soteriologia bíblica (doutrina da salvação), e segundo porque ela deixa de ver o homem como um todo, ou sejas, como um ser que tem várias partes, mas é uma só pessoa sempre. Deus ama e salva o homem: corpo, alma, físico e espírito.
Quando olhamos mais especificamente para os evangelhos, vemos como é maravilhoso perceber um Salvador que perdoa pecados, que multiplica pães, que cura os enfermos, que renova as esperanças, que liberta os cativos de demônios e que restabelece socialmente os desanimados. Note que nosso Senhor tinha a sensibilidade de jamais ignorar a necessidade de alguém, seja qual fosse à natureza da
necessidade desta pessoa. O Filho de Deus é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, e é por isto que Ele é o nosso perfeito mediador (Hb. 4: 14-16), pois consegue com sua divindade enxergar e corresponder às carências do homem como um todo.
Isto tem uma implicação muito importante: Deus está preocupado com sua vida no sentido integral.
A Salvação não corresponde apenas a uma bênção espiritual, mas ele significa que Deus quer salvar suas emoções, curar seus traumas, abençoar sua família, dirigir suas finanças, resolver seus problemas, etc...
Este é o todo do evangelho para o homem todo.
"Deus me ama com tudo o que sou e tenho. Jesus me ama integralmente".
Deus nos abençoe.


Rev.Cláudio Correia dos Reis. 

Compartilhe