Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Artigos

O mundo do caminhoneiro (17)

 A HISTÓRIA DO MERCEDES-BENZ (Parte 1)

Quando vemos as rodovias repletas de caminhões possantes, de diferentes marcas, não imaginamos que são resultados de, aproximadamente, 130 anos de estudos e evolução, iniciados em 1886 pelos construtores Gottlieb Daimler e Karl Benz, com a apresentação dos primeiros veículos movidos por motores de combustão interna.

A ideia principal estava na construção de um veículo que atendesse a distribuição das cargas transportadas pelas ferrovias. Na época, esse transporte no varejo, era realizado através de carroças com tração animal. Assim, de forma inovadora, em 1896, surgiu nas ruas de Cannstatt, na Alemanha, o primeiro veículo capaz de transportar produtos sem a dependência de trilhos ou animais. Era o camião (forma de dizer caminhão, em português europeu).

Como vemos na foto, a estrutura era nos moldes da carroça: tábuas de madeira, do assento do condutor ao assoalho e laterais; as rodas eram raios formando um círculo de madeira, revestido com aro de ferro, dando a necessária resistência na rodagem e sustentação do peso; os freios eram pedaços de madeiras que friccionados nos aros de ferro das rodas traseiras reduziam a velocidade ou paravam o veículo, sempre comandados pelo condutor, que tinha à sua frente um volante para direcionar as rodas dianteiras, o acelerador e a alavanca que possibilitava a novidade do veículo andar de marcha à ré. Tudo movido por um motor de dois cilindros a gasolina, que ficava sob o banco do condutor.

A notícia sobre a grande novidade, rapidamente, alcançou os principais centros comerciais do mundo, havendo grande resistência por parte dos transportes ferroviários e os carroceiros. Entretanto, a capacidade de transportar, de uma só vez, até uma tonelada e meia de carga e a tranquilidade em não necessitar e nem depender de animais, foram fatores que marcaram o sucesso da inovação no mundo dos transportes.
 

Compartilhe