Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Notícias

Levando a Verdade que liberta

Relato do evangelismo realizado com romeiros na Via Dutra no último dia 12 de outubro. 

O convite já havia chegado meses atrás. Uma proposta inovadora e desafiadora, evangelizar pessoas que estão peregrinando rumo a uma cidade tida por santa. Não é novidade que pessoas fazem isso movidas por agradecimento ou culpa, nossa parte era tentar amenizar o sofrimento dessas pessoas, oferecendo aconchego para o físico e uma palavra libertadora para o coração.


O local é a Via Dutra e em parceria com nossos velhos amigos da I.P. de Taubaté fomos a estrada já passado das 22horas. Levávamos em nossas mãos uma bíblia para presenteá-los e uma barrinha de cereal. No local de atendimento montado pelos irmãos em um posto de combustíveis, paralelo a estrada, havia: primeiros socorros, água, banana, local para descansar e uma boa conversa sobre Jesus.


Naquela estrada escura e sob os faróis de caminhões e carros grupos com homens e mulheres surgiam bem distantes e, com obstinação, avançavam dentro da escuridão da noite afim de “pagar uma promessa”. Encontramos pessoas alegres, que estavam caminhando como que de brincadeira. Outros com olhos avermelhados pelo choro e nitidamente cansados caminhavam com dificuldade. Conversei com um romeiro que vinha com as cicatrizes do joelho ainda por se curar que dizia: “Estou carregando os parafusos da minha perna dentro da mochila”.


Enquanto esperávamos cada grupo se aproximar, conversávamos com outros voluntários sobre o que move pessoas a tomar essas atitudes, para nós isso beirava a imprudência. E chegamos à conclusão de que o engano que vivem os cega e os faz surdos. Contudo, a autocrítica também bateu em nós, e percebemos que, por ser conhecedores da verdade que liberta, não nos arrojamos e pouco nos envolvemos em projetos criativos nos tornando acomodados e porque não dizer preguiçosos.


Os resultados desse trabalho não foram vistos ali na beira da estrada, mas oramos para que cada uma daquelas pessoas tenha chegado em segurança, e que agora, depois dessa experiência, possam reconhecer que é necessário mais do que um sacrifício para agradar a Deus, pois é somente quando nos entregamos completamente a Ele, que a Sua Verdade nos libertará (João 8.32).
 

Galeria de imagens

Compartilhe