Faça sua doação para nosso projeto clicando no botão ao lado.

Home / Artigos

Festa caipira e dana de quadrilhas

Passando por uma rua próximo de casa observei que numa das ruas transversais havia uma quadra com a indicação que estava impedida. No meio da rua, defronte a escolinha, estavam organizadas muitas mesas e cadeiras e, no alto tinha uma faixa dizendo: Hoje tem Dança de Quadrilha”. Aí, lembrei que junho é o mês que as escolas fazem a “festa caipira” e convidam pais dos alunos e amigos da escola para estarem participando. Os que atendem ao convite e participam, se alegram com as apresentações das crianças e se envolvem na compra e consumo das guloseimas que são vendidas, sendo a forma de contribuir com o pagamento das despesas da festa.

Essa confraternização é aceita por empresas, associações, entidades e outros que, para evitar qualquer sentido religioso, preferem chamar de “Festa Caipira”, nome justificado pelo fato de envolver os doces e salgados, admirados e consumidos pelo povo da zona rural. Recentemente, o povo brasileiro tem acompanhado pelos noticiários, e tem notado, que há pessoas dando uma nova conotação para a “Dança de Quadrilhas”. São autoridades competentes, que em investigações sérias e imparciais, cada vez mais, estão descobrindo pessoas que estavam “cobrando propinas” para participar da “brincadeira e consumindo muito além das guloseimas oferecidas nas escolas”. Localizando pessoas que, utilizando esquemas sofisticados, por muito tempo conseguiram esconder o segredo daquilo que faziam de errado, que agora, investigações minuciosas realizadas pelas autoridades firmadas com a verdade, conseguiram desvendar as quadrilhas, seus membros e indícios dos valores envolvidos. Sabemos que as empresas que agem corretamente, obtém seus lucros depois de anos de trabalho, lucros que podem chegar o valor de milhares de Reais, que são considerados valores elevados mas, nunca cheguei a imaginar que dos cofres do governo pudessem sair tantos bilhões, como as investigações estão provando (para colocar no papel, muita gente se perde no meio de tantos números) de forma tão bem camuflada.

“Pois tudo o que está escondido será descoberto, e tudo que está em segredo será conhecido” (Marcos 4.22)

Coincidentemente, estamos em junho, mês da Dança de Quadrilhas, vendo que mais fatos estão aflorando e fazendo com que as quadrilhas estejam “dançando” num ritmo alucinado, agora com a participação de “cantores”, que mencionam os nomes dos envolvidos. A quantidade de membros participantes nas diferentes quadrilhas importantes, e outras nem tanto, estão aparecendo quase que por encanto. São os exímios “dançarinos” que sempre conseguiram se esquivar de “entrar na dança”, que procuram se esconder dizendo que “não ouviram e até desconhecem a música”. Nessa caminhada, de descobrir a verdade, cresce a fé e esperança que Deus está fazendo o “gigante adormecido” acordar para sairmos dos desvios e entrar no “Único e Verdadeiro Caminho”. (jam)

“Portanto, não tenham medo de ninguém, tudo o que está coberto será descoberto, e tudo o que está escondido será conhecido” (Mateus 10.26)
 

Compartilhe